Blog Sedes » A Justiça está mais rápida?

Ago 21 2009

A Justiça está mais rápida?

Publicado por Nuno Garoupa a 9:36 em Artigos Gerais,Justiça

Ontem escrevi no Jornal de Negócios e expliquei o erro técnico de andar a comparar o número de pendências quando a série estatística mudou. Aqui vai:

“Depois abundam as estatísticas do Ministério da Justiça que mostram a suposta diminuição das pendências. Mas aí esquecem-se de que houve uma mudança de base na série estatística resultante das pendências que o Governo proibiu de darem entrada. Na verdade, se olharmos os dados de 2000 a 2005, e eliminarmos as pendências referentes aos assuntos agora proibidos de darem entrada em tribunal pelos planos de descongestão, não existem nenhuns ganhos de eficácia. A diminuição de pendências verificada desde 2006 foi bem inferior ao esperado pelas medidas extraordinárias inseridas nos planos de descongestão.“

Hoje o mesmo jornal faz letras gordas de uma análise baseada nesse erro grosseiro. Palavras para quê?

Custa tanto perceber o que aconteceu? Temos um estrada congestionada de carros. 30% dos carros são azuis. O governo anuncia que os carros azuis não podem andar nessa estrada e têm que sair. A congestão é reduzida em 10%. O governo diz que foram excelentes resultados. Será que é preciso fazer um desenho para perceber que qualquer diminuição inferior a 30% quer dizer que não mudou nada de significativo??

Um comentário até agora

Um comentário para “A Justiça está mais rápida?”

  1. Gonçalo Cadetea 22 Ago 2009 as 13:19

    E o pior é que quando a justiça se “faz” fora dos tribunais, i.e. na rua, os resultados são socialmente desastrosos.

    Os gangs de rua têm agradecido certamente a recente procura acrescida dos seus serviços, nomeadamente os de cobrança violenta de dívidas e os de destruição vingativa pura e simples, ao estilo do pior justiceirismo do “far-west”.

    Ou já nos esquecemos das origens da Cosa Nostra siciliana?